5 hábitos na hora de dormir que podem prejudicar o relacionamento

Por Vemcasar em 12 de novembro de 2017

A intimidade de um casal pode ser prejudicada dependendo dos hábitos de sono; veja dicas de soluções que podem ajudar nesses problemas cotidianos

Cada vez mais, as camas estão maiores e tamanhos queen e king size são mais comuns de serem encontradas nos quartos. Ao mesmo tempo, uma pesquisa de uma loja britânica especializada em camas indica que um em cada quatro casais costuma dormir regularmente em  camas separadas devido a estresse, filhos ou hábitos de sono diferentes.

Segundo o estudo, essa escolha pode refletir de uma forma ruim no relacionamento. Quase um em cada dez casais casados que deixou de dormir junto ​​disse que não era mais tão próximos do parceiro, enquanto 28% afirmaram que o comportamento afetou a vida sexual conjugal.

Ao jornal “The Sun”, a especialista em relacionamento Kate Taylor explica como detectar cinco hábitos noturnos que podem ser a causa dos problemas e dá dicas de como ambos podem colaborar para melhorar essa situação.

1. Direção

De acordo com Kate, sua intimidade pode sofrer se você dormir de costas para seu parceiro. Isso provavelmente indica que vocês têm questões não resolvidas.

A solução é tentar entender como vocês terminaram nessa posição: uso de celulares antes de dormir? Falta de sentimento? Faça um esforço consciente para falar e se aconchegar antes de cair no sono. Ter contato físico, como segurar as mãos ou tocar os pés, também pode ajudar na aproximação. Estar frente à frente pode resultar em beijos espontâneos, conversas íntimas e contato visual

2. Temperatura

As mulheres geralmente sentem o frio mais do que os homens. Com corpos menores e um metabolismo mais lento, elas perdem calor mais rapidamente. Já os homens têm mais massa muscular para se aquecer. A temperatura da mulher também pode se alterar durante o ciclo menstrual.

Porém, é importante não deixar essa questão se tornar uma briga. A especialista indica que a decisão sobre usar ou não um cobertor é de ambos e a forma mais prática de resolver as coisas é: se você está com frio, se cubra e, se está com calor, deixe alguma parte do corpo livre.

Mudar a cama de lugar também pode ser uma resposta: o lado que o parceiro que sente calor dorme pode ficar próximo à janela. Ou tente um edredom mais fino e deixe uma segunda coberta do lado da cama, caso sinta frio durante a noite.

Para se aquecer, as dicas são dormir com o corpo próximo ao do companheiro ou aumentar a temperatura do corpo através das relações sexuais.

3. Dividir o edredom

Lutar pela posse do edredom durante a noite pode te deixar cansada, ressentida e mal-humorada. A solução pode ser bem simples: tentar comprar um cobertor maior e resolver isso através do diálogo, deixando seu companheiro saber como você sente sobre essa situação.

4. Distância

Distâncias em relacionamentos podem resultar em desconexão entre os parceiros. Talvez o motivo seja uma briga mal resolvida ou você estar evitando fazer sexo. Entretanto, é essencial que haja contato de pele com pele para que o casal esteja conectado. A especialista explica que o toque libera oxitocina, também conhecida como “hormônio do amor”.

É importante ser sincero se o problema for sexo ou outros temas que envolvam o relacionamento para, também, procurar uma resposta conjunta sobre o motivo dessa distância.

5. Sincronia

Diversos motivos impedem que uma das pessoas do relacionamento consiga dormir bem e sem interrupções durante a noite. Ela pode ser uma pessoa noturna, enquanto seu parceiro gosta de acordar cedo, ou não consegue dormir por ficar usando o celular…  À primeira vista, a melhor resposta é fazer um acordo para que todos consigam ter suas horas de sono e, com o tempo, os relógios biológicos tendem a ficar sincronizados.

Deixe aqui o seu comentário

Encontre
Planeje
Contrate
Seja Feliz